Artigo

Publicado em 24 de fevereiro de 2017 | Por:

A Universidade de São Paulo (USP) outorgou o título de professor emérito ao professor José Goldemberg!

A Universidade de São Paulo (USP) outorgou na terça-feira (14/02) o título de professor emérito ao professor e ex-reitor da universidade, José Goldemberg, presidente da FAPESP.

Nascido em Santo Ângelo (RS), em 1928, Goldemberg fez o bacharelado em Ciências (1950) na USP – tendo trabalhado como bolsista orientado pelo professor Marcello Damy de Souza Santos (1914 – 2009), a quem auxiliou na instalação do acelerador Betatron (um tipo de acelerador de elétrons) –, doutorado em Ciências Físicas (1954), livre-docência (1957), professor titular do Instituto de Física e reitor da universidade de 1986 a 1990.


Foi professor catedrático na Escola Politécnica da USP, professor associado na Universidade de Paris, professor titular da Universidade de Toronto, professor visitante na Universidade de Princeton, professor visitante na Academia Internacional do Meio Ambiente de Genebra e catedrático de Estudos Latino-Americanos na Universidade de Stanford.
Goldemberg dirigiu o Instituto de Física da USP, foi presidente da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), da Sociedade Brasileira de Física (SBF), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.


No governo federal, foi secretário de Ciência e Tecnologia da Presidência da República, secretário Interino de Meio Ambiente – quando teve papel decisivo para o sucesso da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente (Rio-1992) – e ministro da Educação.


É membro da Academia Brasileira de Ciências desde 1955 e recebeu a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico da Presidência da República do Brasil, em 1995.
Entre diversos prêmios e títulos honoríficos que recebeu em sua carreira estão o prêmio pela contribuição excepcional para o desenvolvimento da economia da Associação Internacional da Economia Energética (1989); de doutor honoris causa do Instituto de Tecnologia de Israel (1991); o prêmio Volvo Meio Ambiente (2000); a Medalha Butantan (2005); o título de pesquisador emérito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (2006); o KPCB Prize for Greentech Policy Innovators (2007), e o Blue Planet Prize (2008), da Asahi Glass Foundation.
Foi selecionado em 2007 pela revista Time como um dos 13 “Heroes of the Environment” na categoria de “líderes e visionários”. Recebeu o Trieste Science Prize da Academia de Ciências do Terceiro Mundo (TWAS), em 2010, e o Zayed Future Energy Prize na categoria “Life achievement”, em 2013.


Em 2014, foi condecorado com o prêmio “Guerreiro da Educação – Ruy Mesquita” pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) e o jornal “O Estado de S. Paulo”. Em 2015, recebeu o prêmio da Fundação Conrado Wessel e foi nomeado presidente da FAPESP.


Desde fevereiro de 2014, ocupa como membro efetivo a cadeira nº 25 da Academia Paulista de Letras (APL).



Nenhum Comentário - Deixar um Comentário


Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.

Mais artigos

  • É DISSO QUE PRECISAMOS NO BRASIL : UM RUMO E MUITA LUZ !
  • A educação e o exemplo transformando vidas!
  • Reunião com o Dalton Pastore Jr atual Presidente da ESPM
  • Cursos superiores tradicionais podem ser extintos até 2030
  • Investimento na educação pública
  • Alysson Muotri: Telly Award 2018 com o vídeo sobre “mini-cérebros” em laboratório!
  • 8Voyager 2 da NASA entra no espaço interestelar
  • Antoniana Ursine Krettli : A Malária e a importância das mulheres na ciência!
  • A descoberta dos elementos químicos ao longo dos últimos 300 anos!
  • Retrospectiva Facebook 2018 Helio Dias
  • Mais artigos